Logotipo WebingPro.
Menu
Background Image
Voltar para a página anterior

5 Segredos para a Experiência do
Usuário Perfeita!

Postado por João Paulo Villa Mello em 11/02/2015 às 05:00

Background Image

JOÃO O QUE É UX? – Você não sabendo do que se trata o post!

Hoje muito se fala sobre AI, UX, UI e vários outros terminhos que muitos aqui não estão familiarizados, mas vamos lá.

UX é a User Experience, ou Experiência do Usuário. Vamos pegar um exemplo bem conhecido hoje, a Apple. E nem vou falar do OSx ou do iOS. A experiência de compra de um produto desses é muito bem pensada. Desde a hora que você entra na loja até a hora que você abre o que você comprou. Esse processo todo lhe proporciona uma experiência, certo? Isso, nada mais é, do que a experiência do usuário! 🙂

Trazendo para a nossa realidade, é a experiência que o usuário tem ao navegar pelo seu site.

Já AI é o a Arquitetura da Informação que consiste em estudos para chegarmos a uma boa UI e também em uma boa UX. Enquanto UI é User Interface, ou seja, o desenho final, assim digamos!

Dito isso, vamos partir para X passos para uma UX Perfeita.

1) Pesquise!

A pesquisa é fundamental antes de qualquer projeto. Você não pode simplesmente abrir o seu Photoshop/Sketch e sair desenhando o que você julga ser bonito. NÃO!

Mas você também não precisa ir muito longe. Analise a sua concorrência, veja o que eles estão fazendo e veja como e o que você pode fazer melhor! Claro, também não me vá reinventar a roda. Mas vale muito a pena entender qual o principal problema que o seu projeto vai resolver e como fazer isso da melhor maneira para o seu usuário.

É interessante você saber o que é que o seu usuário vai procurar ou querer enquanto utiliza o sistema, assim você pode se focar nesses pontos. Você precisa conhecer eles. Converse com o seu cliente ou com o time de atendimento para isso 🙂

2) Planeje!

Óbvio que depois de pesquisar você não vai partir direto para a concepção do seu projeto, ainda falta bastante.

Lembra que eu falei sobre conhecer seu usuário? Então, agora você tem que fazer isso ainda melhor! Crie uma persona para o seu público.

João, o que raios é uma Persona? – Você perdidinho! hahaha

Vamos lá, eu já expliquei aqui o que é, ensinei como fazer e ainda deixei um guia para download! Persona: O que é e como fazer? (+Bônus!)

Durante o planejamento levante as ações que os usuário farão dentro do seu projeto. Como eles vão de uma página para outra, o que eles podem fazer em cada página. É um Flow do seu projeto.

3) Prototipe!

Feito a pesquisa e o planejamento chegou a hora de você fazer um protótipo do seu projeto. Recomendo friamente a criação de um Wireframe.

Ah João, quanta palavra complicada! Wireframe? – Você me odiando :/

Calma, também já falei sobre Wireframes e como fazê-los aqui no Blog! O que é um Wireframe e qual a sua importância?

É muito interessante que você faça o Wire funcional, ou seja, navegando entre as páginas, simulando todas as ações do usuário, se tem um botão e ele vai poder clicar, faça aquele botão ser clicável e faça com que ele desempenhe a função que ele terá no projeto.

O que eu quero dizer aqui é que você precisa testar tudo no Wireframe, por exemplo, se você tem um campo que, sei lá, adicione endereços a uma tabela. Logicamente você terá um formulário e um botão que grava essas informações no banco de dados e, mais logicamente ainda, você não tem como fazer isso no Wireframe.

Mas você tem como simular isso e é exatamente para isso que ele serve. Faça com que quando o botão seja acionado um elemento que estava escondido, apareça, pronto! Você validou a funcionalidade 🙂

O importante aqui é ter a certeza de que não ficaram falhas de navegação, acessibilidade, usabilidades, funcionalidades e demais. Assim você não vai ter retrabalho na hora de fazer o seu layout!

4) Desenhe!

Agora que já pesquisamos, planejamos e prototipamos podemos ter a certeza de que não existem falhas de usabilidade no nosso projeto e podemos seguir adiante.

O que nós fizemos até agora garante, sei lá, uns 50% da Experiência do Usuário perfeita no nosso projeto. Mas a etapa de desenhar é uma das mais importantes e, muito provavelmente, responsável por outros 50%.

Aqui você precisa pensar em muitas coisas e lembrar que são os detalhes que vão ganhar os seus projetos. Cada interação, cada feedback para o usuário deve ser bem pensado e bem trabalhado.

Lembre-se também de todos os lugares que o seu projeto será acessado. Notebooks, Desktops, Tablets, Celulares, Smart TVs?

Acho legal usar transições, enriquecem o seu projeto, mas não abuse delas! E sim, você quem precisa pensar nas interações e não jogar na mão do seu dev! Aliás, comunique-se toda hora com ele!

Lembre-se de informar quando seu usuário erra e quando ele acerta também! Validações são muito importantes.

A página vai demorar para carregar? Ele fez uma busca e os resultados vão demorar para ser exibidos? Use Loaders, coloque alguma animação que distraia seu usuário, informe ele que o seu projeto está trabalhando para cumprir a requisição dele.

E, já ouviu falar de Easter Eggs? 😉 Eles são bem legais! São funcionalidades escondidas. Em muitos APPs de celular temos isso. Como por exemplo, se na página inicial você forçar a rolagem para cima, aparece uma ilustração com uma mensagem. Coisinhas assim!

Outro ponto muito importante é seguir a comunicação da empresa a qual o seu projeto pertence. Como é a linguagem deles? Mais informal e descolada ou mais formal e requintada? Siga isso tanto no aspecto visual quanto nos textos.

5) Acompanhe e Teste!

Bom, não vai adiantar nada todo o seu esforço até aqui se você não acompanhar e testar o seu projeto.

Defina KPIs (que eu já expliquei o que são no post A campanha de Marketing Digital matadora! (Guia completo)) para o seu projeto. Isso vai te ajudar a ter um norte, você saberá se está ou não cumprindo o objetivo.

Um exemplo bem básico: um dos KPIs pode ser a sua taxa de cadastro. Se ela estiver baixa, você vai precisar descobrir o motivo. Para isso você pode utilizar diversas ferramentas. Eu recomendo sempre o MixPanel que já foi explicado no post Ações valem mais que pageviews – Analise seu usuário com Mixpanel

Assim que você tiver uma ideia do que é, faça um teste A/B! Veja qual vai manter a taxa de cadastro mais alta e depois mantenha essa versão como oficial 🙂

Bônus! Divulgue! 🙂

Aqui é mais uma dica bônus mesmo, não é totalmente relacionado com UX mas, você fez um projeto impecável até aqui! Você precisa divulgar ele pro mundo (e não só pra sua mãe hahaha)

Vou deixar aqui alguns posts que vão te ajudar na hora do Marketing! 😉

Conclusão

Bom, chegamos ao final de mais um post! Lembre-se da importância de tudo isso antes de começar o seu projeto. As vezes, por mais lindo que seja algo que você desenhe, ele não supre a necessidade dos seus consumidores e ai seu projeto vai ser um fracasso :/

Ou então o contrário, você pode desenvolver uma função/ideia maravilhosa, mas não ajudar na hora do seu público utilizar, ai você também fracassará!

O ideal é sempre buscar o equilibro em função e visual 🙂

Qualquer dúvida, crítica, sugestão, o que for, os comentários estão ai para isso! Vai ser um prazer trocar uma ideia com você!

Abração! o/

Conheça o autor do post

João Paulo Villa Mello:
Notice: the_author_description está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use the_author_meta('description') em seu lugar. in /home/webingpro/www/blog/wp-includes/functions.php on line 3830
Falar de si próprio é sempre complicado, né? Mas vamos lá... Viajante nas horas vagas, fascinado pelo mundo e louco para conhecer a Austrália. Sou um cara persistente, sonhador e apaixonado pelo meu trabalho. Por ser designer, sempre fui muito criativo e sempre tive uma imaginação muito fértil, é comum me ver em outro mundo :) Sou desde pequeno apaixonado por design, onde conheci toda a parte de ux, ai e o marketing digital, o qual tenho o prazer de respirar todos os dias <3

  • Muito interessante o Post!

    Parabéns João!

    • Muito obrigado cara! 🙂 Fico feliz que tenha gostado! o/

  • Vanessa

    Excelente! Conteúdo extremamente relevante e didático. 🙂 Parabéns!

    • Que bom que gostou Vanessa! 🙂 Fico realmente muito feliz!